Conceição da Praia

Santuário

História

Basílica Santuário Nossa Senhora de Conceição da Praia

Construção do Santuário

A Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, ou Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, construída em 1623, é uma das paróquias mais antigas da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, no Brasil. O projeto foi desenvolvido em Portugal e sua atual construção, em estilo barroco, foi feita toda de pedra de lioz trazida de Portugal. As pedras foram coladas com óleo de baleia e a obra durou 300 anos, envolvendo três gerações de artesãos. Em 1946, foi elevada a Sacrossanta Basílica, quando o Papa Pio XII declarou Nossa Senhora da Conceição Padroeira única e secular do Estado da Bahia.

O Santuário hoje: costumes e tradições

Atualmente, a Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia celebra a festa de Nossa Senhora da Conceição, no dia 8 de dezembro, a principal solenidade. Em preparação para a festa, os fiéis participam da Novena. A solenidade, que está ligada à história de Salvador e da Bahia e é uma devoção dos primeiros momentos do Brasil, reúne milhares de fiéis para celebrar a festa da Padroeira da Bahia. Neste dia, a programação conta com Missas e procissão pelas principais ruas do bairro do Comércio, em Salvador (BA).

Além da tradicional festa da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, a Basílica também integra a procissão da festa de Bom Jesus dos Navegantes, celebrada pela Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem, e das procissões de São Francisco Xavier e de Corpus Christi. O dia 8 de dezembro foi oficializado como o dia de Nossa Senhora por ser a data em que foi proclamado o dogma da Conceição de Maria pelo Papa Pio IX, em 1854.